Oi gente. Em primeiro lugar, peço desculpas pela demora. Quando virem a minha “arte” postada pela Dafne, que é a próxima a receber o molequinho, entenderão o motivo da minha falta de tempo.

 

Mas vamos ao que interessa!

 

A entrega do caderninho não poderia ter sido mais deliciosa. A Cynthia estava em São Paulo, então combinamos que a entrega do moleke seria em uma pizzaria.  O pacotinho com o moleskine veio cheeeeio de presentinhos fófis, como vocês podem ver na foto abaixo. Além das fofices (usei algumas para ilustrar a minha página) eu ganhei um M&Ms Napoleão cheinho  dos chocolatinhos coloridos. Pizza + chocolate. Tem coisa melhor? Claro que sim – a conversa com a Cynthia e as colegas Aurea, Alessandra e Martha também estava ótima. (Sem contar a sangria – hehe).

 

Presentinhos

 

A arte da Cynthia ficou linda, e foi uma sacada bem legal. Ela fez uma TRADUÇÃO LATERAL  do francês para o português. Isso mesmo, de literal, a tradução não tem nada. É livre, é LATERAL, definida por ela como “incrivelmente inexata e catarticamente feliz”.

 

A imagem segue abaixo, mas transcrevo a seguir para facilitar a leitura:

 

“Original”: Il ne faut pas… (Poème de Jacques Prévert)

 

Il ne faut pas laisser les intellectuels jouer avec les allumettes

Parce que Messieus quando on le laisse seul

Le monde mental Messieurs

N’est pas du tout brillant

Et sitôt qu’il est seul

Tavaille arbitrairement

S’érigeant pour soi-même

Et soi-disant généreusement en l’honneur des travailleurs du bâtiment

Un auto-monument

Répétons-le Messssssieurs

Quand on le  laisse seul

Le monde mental

Ment

Monumentalement

 

Poema original

 

 

“Tradução”: Mentira (poema de Cynthia van de Kampt)

 

O mundo mental mente monumentalmente

O mundo moral desmente imoralmente

O mundo real mente mentirosamente

O mundo inteiro mente parcialmente

O mundo se desmente ingenuamente.

 

E a mentira mente descaradamente.

 

Estamos, mas não somos vivos.

 

Tradução lateral (reparem na foto ao fundo - é a Cynthia!!)

 

Adorei a (looonga) passagem do moleke por aqui. Ele já está no correio, viajando para a Irlanda do Norte. Espero que chegue direitinho nas mãos da Daf e continue contando um pouquinho da história de cada um de nós.

 

Flávia Souto Maior

São Paulo/SP