Pronto. Foi onde nos reunimos para a passagem do molekinho. Os detalhes vocês já têm na comunidade.

Fui a primeira a ver a arte do Daniel e fiquei impressionada com a linda história que ele nos conta nas duas páginas. Além de ótimo tradutor, Daniel se revela um escritor de mão cheia. O texto reflete muito bem toda a delicadeza do Daniel como pessoa e o domínio que ele tem da nossa língua, da expressão escrita, da literatura. Orgulho de você, viu, professor?

Se vocês repararem bem, ele reproduziu o layout das página de um livro real, inclusive mantendo a numeração das páginas. Ficou uma graça!

Navegar é preciso … e o molekinho também gosta!

 

… em casa de marujos …

 

O layout da arte do Daniel

 

a história do Daniel (clique para ampliar)

 

 

Agora vou passar a minha ‘arte’ do rascunho para o molekinho.

Fiquem tranquilos, pois o rapazinho está bem guardado aqui. darei mais notícias em breve.

 

Beijão, pessoal!